domingo, 15 de fevereiro de 2015

Expedição Marrocos 2015 – Primeiro Dia

Finalmente chegou a nossa tão esperada expedição. Não víamos a hora de logo embarcar rumo ao Marrocos. Malas prontas, passaportes na mão e partimos para o aeroporto de Guarulhos.

Nenhum problema no embarque e durante o voo. Chegamos a Madri na madrugada de sábado e aproveitamos a nossa espera da conexão conversando e nos conhecendo melhor.


Saindo de Madri, pegamos mais duas horas de voo até Marrakech. Sobrevoando a cidade tivemos noção do mundo completamente novo que temos pela frente. Uma cidade que não é parecida com nada do que já vimos e com uma vista espetacular do grande atlas.


Na chegada, tivemos um pequeno problema na alfândega. Alguns conseguiram passar sem nenhum problema, mas boa parte do grupo acabou ficando retida por falta de endereço do destino. Um problema que eu nunca tinha presenciado. Após muita conversa e algumas trocas de guichês todos conseguiram seus carimbos de entrada. Um pequeno aborrecimento que foi compensado pela recepção calorosa do pessoal da Offroad Travel. Logo todos já conheciam nossos guias e fomos de van para o hotel.


O nosso roteiro acabou sendo invertido, então estamos hospedados agora no Zalagh Kasbah Hotel & Spa. Assim que chegamos fomos conhecer a piscina e almoçar. Já com um almoço típico e uma boa recepção dos funcionários do hotel.


Tempo para descançar, após um vinho do porto e biscoitos, e partimos de van sentido a praça Jema el Fna de Marrakech para conhecer o lugar e ver o por do sol da cidade. Um local completamente diferente do que encontramos no Brasil. Encantadores de serpente, macacos adestrados, muita gente, muitas barracas de comida e uma vista sensacional foi o que encontramos. O trânsito em Marrakech é caótico e maluco. Com carros, pedestres, motos, bicicletas, ônibus e outros veículos disputando o mesmo espaço. Não tivemos problemas, mas é desconfortável caminhar no meio dos carros.


Conhecemos parte da Medina ( antiga cidade) dentro das antigas muralhas do século XIII, tomamos chá em um bar local e nos encaminhamos para o nosso jantar típico.


O restaurante Dar Essalam é uma preciosidade. Cada sala é decorada de forma única com adereços marroquinos. Os garçons usam trajes típicos e são um show a parte na maneira de servir os clientes. Duas bandas tocaram enquanto apreciávamos nosso jantar e tivemos dois shows de dançarinas que abrilhantaram a noite. Uma dançando a dança do ventre típica e a outra dançndo com um bandeja cheia de velas acesas equilibrada na cabeça. Mais bons momentos que passamos todos juntos.



Amanhã partiremos sentido Sahara. Pegaremos os carros no final da manhã e a estrada promete novos momentos únicos nessa aventura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário