quarta-feira, 19 de março de 2014

Mercedes-Benz G63 AMG 6X6 Teste


Há 10 meses, eu coloquei aqui uma postagem sobre a nova besta da Mercedes chamada G63 AMG 6X6. Um carro de nada menos 6 rodas que mais parecia um tanque. Coloquei uns vídeos e falei um pouco do modelo e nunca mais ouvi falar dele, até ontem.

Vendo o programa Top Gear na BBC me deparo com um teste feito pelo “grande” Richard Hammond nas areias dos Emirados Árabes. A pauta era simples, um carro que pudesse impressionar em um país aonde Ferraris são folheadas a ouro e a polícia utiliza Lamborghinis. Simples, ter um carro de 6 rodas!

Com essa premissa o apresentador tratou de testar o carro, que pela primeira vez foi realmente testado. Mesmo assim, Hammond não teve dó e botou o bixo nas dunas e estradas de terra dos Emirados. O apresentador parecia um anão ao lado do monstro de 2,3 metros de altura e 5,85 metros de  comprimento.

O carro é simplesmente impressionante. Desenvolvido para o exército australiano, sua versão civíl não só ficou bruta, mas mais confortável. Bancos aquecidos e ventilados, painel revestido em couro e um motor 5.5 V8 silencioso, porém veloz. O carro bebe muito, mas a colocação de 2 tanques (isso mesmo, 2 tanques que você pode alternar manualmente dentro da cabine) ajuda muito a não parar por ai por falta de combustível. A caçamba é revestida com madeira de bambu.

Com rodas 18 e pneus 37 polegadas de fábrica, esse bixo tem um apetrecho que deixaria muito jipeiro com inveja: um compressor que esvazia e infla os pneus automaticamente, basta um toque no botão do painel. Controlar a pressão dos pneus de dentro da cabine e em movimento deve ser sensacional. Outra coisa que só precisa de um toque são os bloqueios dos diferenciais, que operam em 5 posições diferentes – Afinal, são 3 bloqueios.


A velocidade é limitada em 160km/h, mas faz de 0 a 100km em apenas 7 segundos. Uma obra prima que virou um sonho de consumo nosso, quem sabe um dia não veremos um de perto. O preço? Esse não ajuda muito, 310 mil libras, aproximadamente 1,2 milhões de reais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário