quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Quarto Dia - California/Las Vegas 2013

Chegamos ontem tão cansados que eu acho que não demos o devido valor para essa cidade. São Francisco é sensacional! Acordamos não muito cedo, tomamos um café – literalmente, o café da manhã do hostel deixou a desejar – e saimos para uma caminhada sem muito destino. Um amigo me falou do Beat Museum e eu queria dar uma olhada para ver como era.


Fomos subindo as ladeiras e apreciando a vista da cidade. As famosas casas, todas semelhantes e só com algumas diferenças, pareciam quadros. No caminho para o museu, encontramos um outro, o Cable Car Museum aqui de San Fran. Bem legal o museu, que funciona em cima do último maquinário em funcionamento atualmente.


Partimos para o Beat Museum e simplesmente foi uma escolha perfeita – Decão, valeu pela dica. O museu é simples, com uma lojinha no térreo e o acervo no andar superior. Bem pequeno, ele conta um pouco das histórias dos escritores que fundaram a Beat Generation e coloca um pouco do que eles influenciaram (muita coisa foi influenciada, precisaria de uns 100 museus iguais para colocar tudo que sofreu influencia desses escritores). Mas de uma forma simples, os organizadores da casa conseguiram contar um pouco da história e deixaram o resto para você mesmo descobrir, nos livros vendidos no próprio lugar. Muito legal e a visita vale muito.

Pintura de Jack Kerouac - Beat Museum

Saímos de lá e fomos em direção ao pier, sem muitas pretenções. Acabamos dando de cara com um passeio de barco pela baía para ver a Golden Gate de perto e circundar a ilha de Alcatraz (a ancoragem não estava permitida por um problema do governo americano). Devido a isso, o passeio acabou saindo mais barato e eles ainda aumentaram o tempo do percurso. Maravilha, embarcamos em um belo barco – movido a energia solar e eólica – e curtimos a tarde passeando pela baía. Passamos embaixo da Golden Gate e vimos de perto o presídio de Alcatraz. Um passeio que também vale a pena, apesar de achar que uma volta por dentro do presídio ia melhorar a visita.


Golden Gate Bridge

Alcatraz

Almoçamos em um pub e voltamos para o hostel para nos preparar para a noite. Queria conhecer os lugares que os caras da Beat Generation frequentavam, então fomos sentido norte novamente. Achamos vários barzinhos com música ao vivo, alguns pubs, e demos uma volta pela “little Italy” daqui. Comemos um lanche para terminar o dia.

San Francisco já é um dos lugares mais fantásticos que nós vimos por enquanto. A cidade é sensacional e tem uma energia muito boa. O difícil é acreditar que uma cidade assim tenha sido completamente destruída por um terremoto 100 anos atrás. Parece que das cinzas nasceu algo mágico. Amanhã tem mais!


Abraço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário