domingo, 26 de fevereiro de 2012

4º e 5º dia em Bonito. Gruta São Miguel, Almoço na casa do João, Pinga no Taboa Bar, Gruta do Lago Azul e Flutuação no Rio Sucuri

4º DIA

Nesse dia nos programamos para conhecer a Gruta de São Miguel e do Lago Azul, porem a chuva atrapalhou nossos planos.


Antes de iniciar a caminhada pela Gruta de São Miguel, enquanto tirávamos umas fotos com as araras, uma tempestade nos pegou de surpresa e nos encharcou tanto na entrada quando na saída da Gruta. Escolhemos o dia certo para conhecer grutas, afinal lá dentro não chove!











 








Na seqüência nos dirigimos para a Gruta do Lago Azul, porem tivemos a infeliz noticia que a gruta estava interditada. Sendo assim,  alteramos nossa visita para o dia seguinte. 
Aproveitamos o dia chuvoso para conhecer a gastronomia local. Fomos direto para o restaurante Casa do João. Restaurante muito aconchegante, atendimento excelente e o seu João é um cara muito gente boa, ficou o almoço todo conversando com agente e nos deu muitas dicas. Quando você vier para Bonito, não deixe de passar por lá, e peça a Costelinha de Pacu de entrada e a Traíra Vestida como prato principal. 






Depois do almoço fomos fazer a digestão no treinamento e prova de equipamentos para o rapel e flutuação no Abismo Anhumas. 


A noite fomos conhecer as cachaças da região no Taboa bar e aproveitamos para jantar. O bar é muito bom, com uma ótima musica ao vivo e clima animado.

5º DIA

O dia amanheceu ensolarado e fomos direto para a Gruta do Lago Azul. O lugar é INCRIVEL, para descer da um pouco de trabalho (principalmente depois de uma mega chuva do dia anterior) mas vale muito a pena. 














Saímos da gruta e fomos direto para o Rio Sucuri. Almoçamos na sede da fazenda, uma comida típica muito boa e aproveitamos um pouco a piscina antes da flutuação.  Na caminhada para o início da flutuação, passamos pela nascente do rio onde a água brota da terra com um azul impressionante. Flutuamos por cerca de 50 minutos, em uma água cristalina e variedades de espécies nativas da região.
















Para terminar o dia, fomos comer a famosa carne de jacaré (no restaurante Cantinho do Peixe), a carne é muito saborosa e vale a pena experimentar.


Um comentário: